Férias (#1): Vamos viajar?

21:30


Este ano vamos de férias para o estrangeiro e achámos interessante partilhar convosco alguns dos passos que seguimos para organizar a nossa viagem. Esta tarefa pode causar algum desespero, principalmente para os mais principiantes. Por isso, esperamos que este post vos seja útil!

A DECISÃO
Primeiramente, é necessário ter a certeza de que podemos e queremos viajar. Preferencialmente, essa decisão deve ser tomada com alguma antecedência para tirarem o máximo proveito das dicas que vamos deixar.
Por exemplo, pesquisem no Inverno caso queiram ir de férias no Verão e vice-versa.

ESCOLHA DO DESTINO
É muito comum termos mais do que um destino em mente. Afinal, quem é que não quer viajar por todo o lado e descobrir as belezas que o Mundo tem para oferecer?
Para facilitar este processo, aconselhamos a seguir os seguintes passos:
1- Criem uma lista das cidades/países que gostariam de visitar.
2- Tentem hierarquizar as vossas escolhas: Onde gostaria de ir em primeiro lugar?
3- Não conseguiram reduzir a lista a um único lugar? Hora da pesquisa: Quais as atrações que mais me cativam? Qual a opção que mais se adequa ao meu orçamento?

DICA:
Considerem a pesquisa referida no 3º passo como um investimento para o futuro: apesar de poder fazer com que não visitem imediatamente o vosso local predileto, ficam com uma ideia mais real de quanto têm de poupar até às próximas férias!

COMPRA DA VIAGEM
Depois do destino escolhido, o próximo passo é pesquisar, em motores de busca próprios, os voos e estadias.



Escolha do voo :
Horas -> Tentar encontrar horários com a ida o mais cedo possível e com o regresso o mais tarde possível, para tentar minimizar o tempo perdido por causa do voo.
Escalas -> Se não houver escalas ou se forem curtas, ótimo. Contudo, há situações em que não há outra hipótese ou em que a sua existência nos permite poupar algum dinheiro. Mas tenham atenção, pois há voos com escalas enormes que acabam por não compensar.
Companhia aérea -> Se estiverem recetivos a isso, procurem companhias low-cost ou voos de classe económica.
Preços -> Estejam atentos a oscilações de preços entre sites/agências/companhias, quando muitas vezes as condições são semelhantes.

Escolha da estadia 🏨 :
Localização -> Quanto mais próximo das atrações principais, menos terão de gastar nas deslocações, pela vantagem de o poderem fazer a pé.
Condições -> O quarto não tem necessariamente de ser muito luxuoso, porque muito do tempo vai ser passado a passear. Contudo, na escolha do local onde ficar tenham em conta: higiene, limpeza, segurança, inclusão de refeições, etc.
Preço -> Normalmente acaba por ser o mais barato numa viagem. É preferível poupar um pouco mais na estadia para poder garantir mais qualidade ou um melhor aproveitamento de outras coisas.

Por experiência própria, normalmente, não há diferenças muito significativas de preços entre as agências físicas e os motores de busca. Ainda assim, aconselhamos a que deem sempre uma vista de olhos online para ter uma noção dos valores médios e que depois peçam orçamentos a diversas agências. A vantagem da compra em lojas físicas é o facto de não se terem de preocupar com os seguros de voo, taxas de hotéis e outros acréscimos.

DICAS:
Se possível, sejam flexíveis nas datas - parece mentira, mas por vezes um dia de diferença pode significar uma poupança de centenas de euros.
Apanhar os fins-de-semana nem sempre é a melhor opção - para além de ficar mais caro, muitos monumentos, lojas e outros locais de interesse podem estar encerrados.
Recorram aos motores de busca em janelas de navegação privadas - quanto maior a procura para um destino, maior a subida de preços, que pode ocorrer de uma hora para a outra.

Gostaram das dicas? Prometemos um segundo post com mais conselhos, desta vez para que não falte nada enquanto estão na viagem!
Beijinhos, I&J 😊

You Might Also Like

0 comentários